quarta-feira, 12 de agosto de 2009

Ajuda-te a ti próprio primeiro...

Mas quem é que me manda armar em bom-samaritano?
Outro dia, na rua, começo a ouvir uns "excuse me, excuse me". Que para quem não sabe, significa "sou como um boi almiscarado e o meu telemóvel é da Nokia".
Menti, significa sim "tenho um couro cabeludo que parece uma couraça ferralítica".
Menti de novo, e esta piada já foi longe demais. Se não sabem o que quer dizer, peço desculpa, mas agora também não tenho tempo para explicar.
Onde é que eu ia? (Como se eu não soubesse, isto é escrito... Bastava ter olhado para cima em vez de me armar em estúpido). Ah sim, já me lembro! (Continuo a armar-me em paspalho).
Portanto, "excuse me, excuse me".
Voltei-me. Era um sujeito nitidamente estrangeiro, pois usava chapéu à cowboy, casaco laranja, e cheirava a pólvora e especiarias. Pensei eu que, sendo o mês Agosto, era um turista que queria pedir informações. Ávido de testar o meu inglês com alguém que o tinha como língua nativa, dediquei-me à causa e fui extremamente solícito:
"Oh yes, dear sir, how may I help you on this fine August day? Need directions? The local Cathedral is nearby, and so are some skanky, dirty prostitutes."*1

Estupidez descomunal. O tipo queria impingir-me um livro qualquer, que era uma espécie de Bíblia de uma seita que nunca ninguém ouviu falar. O gajo era extremamente simpático, e fartou-se de elogiar o meu inglês, que é francamente excelente. Ainda para mais sendo ele americano. Mesmo assim não me estava a convencer, como devem imaginar. Mas ele lá continuava a falar, tentando vender o seu peixe:
"Blá blá blá, we drink blood*2, blá blá blá, raping hamsters with forks*3, blá blá blá, we live on lego houses*4..." etc.
Um discurso que nunca mais terminava, durante o qual, para além disto, ainda referiu que me estava a oferecer o livro e que não queria nada em troca pois que estava a ajudar o pessoal que o produzia. Ah, e que usavam cuecas florescentes do Star Wars.
Este último argumento até me fez duvidar durante uns segundos. Mas, e adivinhando imediatamente, a minha namorada deu-me logo um tabefezito na nuca e eu acordei para a realidade. Além disso, só uso boxers.
Bem, o discurso continuou, insistindo que não queria nada pelo livro. Até o folheou e me explicou porque é que tinha imagens de cangurus a espancar astronautas com broas ou de homens só de galochas a regar vasos.

Quando aquilo chega a pontos em que eu já divagava sobre tomar uma dose fatal de estricnina a ter de o continuar a ouvir, finalmente ele termina e sai-se a pedir uma "small donation"*5. Já estava à espera... Queria insultá-lo, dizendo-lhe que tinha a inteligência de um nenúfar, mas ele provavelmente ia mostrar-me a imagem de um porco usando um como saiote e a fazer balet.
Obviamente que lhe disse que não havia "donations" para ninguém. Então, o tipo tem a audácia de me tirar de novo o livro e ir embora... Para voltar passado 30 segundos e me perguntar:
"Erm... About those prostitutes..."*6
Ao que eu respondi:
"I'll tell where, for a small donation."*7

Que péssimo dia para ter deixado as matracas em casa.


Traduções:

*1: "Sim, caro senhor, como posso ajudá-lo neste excelente dia de Agosto? Precisa de direcções? A Catedral está perto, assim como algumas prostitutas sujas e rançosas".
*2: bebemos sangue.
*3: violando hamsters com garfos.
*4: vivemos em casas feitas de Lego.
*5: pequeno donativo.
*6: "Erm, sobre daquelas prostitutas...".
*7: "Digo-te onde, a troco de um pequeno donativo".

27 comentários:

Daniela disse...

Ahahahah Adorei!!!

**

Miepeee disse...

Ahahahahahaha, ainda faco xixi de tanto rir.

Abobrinha disse...

O que é que tens andado a fumar?

Fada disse...

LOLOLOL

Até onde vai a tua generosidade????
Até à small donation... Lol

Coitadinhos dos hamsters... :s

:D

Beijitos

PS - Não é nada gay, é lindo!!!! :P
PS2-Beijinhos à Ninjalady!

Larose disse...

...até me custa a crer que te tenhas enganado no estrangeiro! Um moço tão fino , astuto e inteligente!

mas tu és mau ...espero que não lhe tenhas dito onde ficam as pobres trabalhadeiras do comércio ...elas não podem distrair-se com melgas dessas, têm de trabalhar!

Rosie Dunne disse...

ahahahah

Lipa disse...

Parabéns, nunca pensei que um "encontro" daqueles conseguisse dar um post tão bom. Adorei a parte das prostitutas XD

Sad Tear disse...

ahahahaha muito bom!

Minhoca disse...

LOL!!!!

E entao ele deu o donativo e teve direito à indicação de onde encontrar as ditas???????

:)

kuka disse...

Bem,matei-me a rir com aquela de rape hamsters with forks,ahahahahah,que mente pah!!!!! :p

Fátima disse...

Este post é demais!! :D como é bom rir pela manhã!

Já estou mesmo a ver, daqui a dias vais cobrar as risadas provocadas pelos teus posts! não é má ideia :)

Sophie disse...

Gosto da parte em que ela adivinha e dá um tabefe na nuca LOL

sweetie disse...

LOOOOOL! Muito bom! Anda tudo à procura da small donation =P

★ Aralis ★ disse...

Goodness gracious me!
LOL

What an adventure!
Mas a tua maezinha nunca te avisou para não falares com estranhos? É nisso que dá!!!lol

Jokitas a ti e à Saltinho***

pensamentovadio disse...

LOL
Este pregador fez-me lembrar o Tom Cruise.
És mesmo forreta, não devias cobrar para dizer o caminho ao senhor.. tinhas feito uma donation verbal!

Só tu lol

Bloguótico disse...

Precisamente, quem é que tmanda armar em bom-samaritano?! lool
Já me tinhas contado em traços gerais o episódio, mas lido ainda consegue ter mais piada!! :D

Mna. Margarida disse...

E tu ainda dás conversa q essa gente?!... loool


Só tu para fazeres um poste destes!...

Majo disse...

Mas tu sabes onde param as prostitutas??? ts ts ts...

lol

Bjinhos ;)

Rafeiro Perfumado disse...

Mas olha que uma religião que viole hamsters é capaz de fazer furor. Menos entre os bichos, claro...

Abraço!

Pretty Flower disse...

Adorei... boa resposta! :)

*

Ninja! disse...

Daniela, muito obrigado, e ainda bem. :)

Miepeee, hehe, fico contente, nestes casos a urina é um óptimo elogio...

Abobrinha, é segredo... ;)

Fada, claro e daí não passa. ;)
Estão entregues os beijinhos.

Ninja! disse...

Larose, é verdade, bem que me lixei! ;) Mas obrigado!
E lol, coitadas delas, realmente... :P

Rosie Dunne, ai sim, ai sim?! Hihihihi para ti! ;) Obrigado pelo comentário. =)

Lipa, e tu estavas lá para ver... :P

Sad Tear, muito obrigado! :)

Ninja! disse...

Minhoca, náááá, hehehe! :D

kuka, hehe, ainda bem, estava com medo que essa fosse um bocado gráfica. :D

Fátima, ainda bem que gostaste, fico mesmo muito contente! E obrigado pela ideia... :P

Sophie, é, já me conhece bem demais. ;)

Ninja! disse...

sweetie, hehe, é bem verdade! Muito obrigado! :D

★ Aralis ★, ela bem avisou, mas... Sabes como é! ;)
Obrigado, estão entregues. :)

pensamentovadio, está bem, fazes tu então da próxima! Eu levo-te lá! :P

Bloguótico, é, grande nabo... É melhor ficar-me pela má-educação. :D Obrigado!

Ninja! disse...

Mna. Margarida, fui apanhado de surpresa, sabes como é... :D
Muito obrigado!

Majo, claro, ando sempre informado... :P

Rafeiro Perfumado, é bem capaz disso, é uma questão de investigar. Às tantas ainda a fundo e, se quiseres, podes ser o equivalente a Cardeal, eu deixo! :P Afinal foste tu que deste a ideia...

Pretty Flower, hehe! Obrigado! :D

M. sei lá disse...

looooooooooool. lindo! :)

blu (Icon) disse...

Isto faz-me lembrar um encontro que eu tive com uma velhinha que era testemunha de jeova... No fim da, cerca de, hora que estivemos a falar, já era ela que queria fugir de mim... Apanhou-me num dia mais atravessado em que decidi que tentar convencê-la da inexistência de Deus era uma boa forma de passar a tarde em que tinha acabado uma época de exames na univ. Devia ter-me metido nos copos... ou procurado as tais prostitutas...