sexta-feira, 6 de março de 2009

Mais valia estar quieto

Quem nunca reparou, vai achar estupidez, mas já o vi acontecer tantas vezes que acho que justifica uma reflexão. Espero encontrar alguma empatia desse lado do monitor.

Porque é que as pessoas (homens principalmente, e eu incluído), quando tropeçam, caiem ou escorregam numas escadas em público, a primeira coisa que fazem é correr? Galgam 3 ou 4 degraus de cada vez em largas passadas de corrida, passando por aquele grupinho de pessoas que reparou e contém o riso, ou não. É que ou estão a dar uma de "ei, eu tropecei porque sou muito activo e agora até vou subir isto tudo a correr, só para verem", ou só se querem pisgar dali o mais depressa possível, pois provavelmente isso aconteceu porque até estavam a fazer olhinhos àquela gaja que agora se está a rir a bandeiras despregadas. Falando por experiência, não faço a mínima ideia. As minhas pernas simplesmente correm. Acho que estou a tentar mostrar que a única razão para tal ter acontecido é porque sou um gajo que tem tanta energia que não consegue subir umas escadas como uma pessoa normal, e como tal, ia a correr, potenciando o tropeço. Embora fosse a passo normal.
Já as mulheres reparei que ficam sentadas no chão com as pernas estendidas para a frente, e durante uns segundos ficam imóveis, tentando perceber o que se passou. De qualquer das formas, têm uma queda mais digna que os homens, cuja natureza abrutalhada impele a imediatamente tentar mostrar, aos que o rodeiam, o seu poderio de macho. Devemos considerar que cair em público está associado ao desempenho que temos na cama: se caímos é porque somos uns desastrados que não dão conta do recado. Nada diz melhor às senhoras "vou passar 30 minutos a tentar encontrar a tua vagina" como uma queda aparatosa seguida de uma corrida estúpida pelas escadas acima. Na minha opinião, é este o nosso medo, embora esteja a entrar em meandros que desconheço. Mas uma coisa acho que é certa: isto radica no mais básico dos instintos humanos: dar umas quecas.

Enquadra-se aqui também aqueles golpes geniais de:
- disfarçar uma torcidela do tornozelo também com uma corrida pequena, como se seres humanos normais de 10 em 10 passos dessem um corridinha de 3 segundos;
- aguentar as dores derivadas do ponto anterior, porque não queremos dar parte de fracos;
- disfarçar um arroto audível com tosse;
- ser apanhado a tirar macacos do nariz e fazer de conta que estamos é com comichão no exterior, pelo que coçamos o nariz pronunciadamente e fungamos com veemência, assemelhando-nos perigosamente com um primata.

46 comentários:

Salto-Alto disse...

LOOOL! Muito bom!!

Adorei a parte: "Nada diz melhor às senhoras "vou passar 30 minutos a tentar encontrar a tua vagina" como uma queda aparatosa seguida de uma corrida estúpida pelas escadas acima."

Taina disse...

A gaja fica quieta e depois parte-se a rir, ainda no chão.

Já o gajo tem de correr que é para tentar que esse episódio da queda fique literalmente para trás, e infligir confusão na mente de quem acabou de assistir à cena.

Acho que para além de não querer dar parte fraca, é uma mini lavagem cerebral, pq uma pessoa fica a pensar:

"por que raio é que ele está a correr? deve ser doido"

em vez de

"ganda tralho que este gajo deu...heheh fraquinho/coitadinho"

Para gajo que é gajo, mais vale passar por doido a coitadinho não?

digo eu.... com o barulho das luzes...

Mna. Margarida disse...

Looool =D

E por falar em rir a bandeiras despregadas... Foi exactamente isso que eu fiz!...

Eu quando caio não consigo ficar muito tempo no chão, a não ser que me alieje mesmo... Devo ser a única!...

Quanto aos homens... Vamos lá a ver... Para um homem tudo o que foge ao dito normal já é uma ofensa à masculinadade e virilidade própria!... Jasus... Homens!...


(mas por acaso nunca tinha reflectido sobre isto das quedas!)

Cor do Sol disse...

Eu sou daquelas que se ri muito ds outros e de si própria...não consigo controlar, mesmo que esteja preocupadissima com a pessoa ou comigo. A minha mãe diz que é genético, ela também é assim.lol.

New Radical disse...

Ninja tu tens toda a razão nunca tinha pensado nisto mas tás carregadinho de razão.

È muito giro ver os outros cairem e as reacções seguintes...
mas não é nada giro nós cairmos

Abraço
Bom fds

Lua Escondida* disse...

Lool...Eu devo ser excepção de gajas, então. Eu quando caio levanto-me logo. não olho para ninguém e sinto que fico muito vermelha. Claro que não corro mas ando muito depressa. E só me lembro de ficar sentada uma vez, fiquei toda lixada de um joelho e parti-me a rir no meio da rua como se não houvesse amanha!!!


"o mais básico dos instintos humanos: dar umas quecas!"

LOol. És tão grande!

pieces of me (Luna) disse...

É muito, mas mesmo muito raro eu tropeçar..cair entao so me lembro de ter acontecido duas vezes... Mas aprendi a lição à primeira.. "antes que os outros se riam de ti, ri-te tu de ti mesmo".. e é isso k faço...Caindo como cair, quando as pessoas começam a olhar desato a rir...mas sem sair do sitio..porque assim as pessoas riem-se comigo e nao de mim! É claro que isto inclui a famosa parte de conter as dores para não dar parte fraca..lolol

pieces of me (Luna) disse...

mas a verdade é que também me rio como se não houvesse amanha.. e ambas as quedas ainda hoje sao motivo pra rir... entao a segunda...looool

Kal disse...

"...provavelmente isso aconteceu porque até estavam a fazer olhinhos àquela gaja que agora se está a rir a bandeiras despregadas."

O que leva o génio à brilhante conclusão: "Ups… aqui, nem que andasse 30 min à procura de uma vagina, já não há quem queira provar do meu entrecosto...vou mas é pirar-me o mais rapidamente possível!" E começa a corrida infernal, por vezes com a lágrima no canto do olho (da dor induzida pelo deslize artístico, para mtos queda à labrego, mas não para o autor!)...entretanto avista nova miragem e aproveita para disfarçar que é desportista "ah, terminei agora o meu jogging!", pára a corrida infernal e aproveita a lágrima para disfarçar um suorzito... É claro que a gaja pensa: "Que pu*o de lorpa é este que faz jogging nos corredores do edifício, com a roupa de trabalho e mala às costas, de tal forma que vai ficar a cheirar ao cavalo que é?! Deixa-me pôr a andar!" Olha-o em sinal de desprezo, então só resta uma opção: vai para a casa de banho do securita, que o olha com "bons olhos", e começa a chorar...uma coisa leva à outra e quando repara é ele o prato principal!!!

E pronto, para mim é isto...

Fada disse...

LOLOLOLOL

Ai ó Meu Deus, as coisas que eu encontro neste blog!!! ahahahah

E quando dizes:
"disfarçar um arroto audível com tosse" ???? Um arroto!??!?! Um ARROTO?!?!?!??

Ó Ninja!!! Não são os arrotos que se disfarçam com toss, meu querido, são os PEIDOS!!! AHAHAHAHHA
Um amigo meu tinha a seguinte expressão para o facto: "A cagar e a tossir" lololool

Ai, os abdominais...

Beijitos :D

Nagareboshi disse...

ahaha nunca tinha notado...eu tenho um amigo que esta sempre a cair...bem não quero pensar na "vida conjugal" dele (ou falta dela segundo o teu post.
só tenho solução para os arrotos, quando ficam a olhar para mim escandalizados eu digo "bem mais vale deitar fora que ficar dá dentro" e isso costuma resolver o assunto...

Sophie disse...

Estás-te a esquecer daqueles que limpam os dentes com as unhas e depois fingem que estão a coçar o queixo! LOL

adorei o texto :P

Sad Tear disse...

Muito bom este texto... vou passar a pensar nisso quando vir um gajo a cair das escadas! ahahahaha

Sherlock and Watson disse...

Ó Ninja, que fantástico!Este texto está divino. É que eu sou um desses homens que quando tropeça( e ainda bem que me acontece poucas vezes) dá a corridinha para me equilibrar e não cair.E ainda me rio de mim mesmo enquanto corro.Foi muito bem apanhado Ninja,mais uma vez superou-se. Abraço.

Rita disse...

Por acaso é verdade, lol! Os homens quando caem querem a tanto custo mostrar que aquilo não aconteceu que dão ainda mais bandeira!E porque é que qualquer coisa, até uma simples queda tem de ter cariz sexual? LOL! :)

susaninha disse...

Olá ninja és porreiro e realista a meu ver, as coisas nem sempre são assim mas a verdade é que nós senhoras somos diferentes de vocês homens.

que um anjo te ilumine

Senhora Dona Mé disse...

outro clássico é enganares-te no caminho e, para não fazeres figura de otário ao parar abruptamente no meio do passeio e inverter o sentido da marcha, fingires que recebes um sms ou uma chamada e fazeres uma cara de "ah caraças, agr vou ter de voltar para trás. que maçada!"

:P

★ Aralis ★ disse...

LOL
Adorei!
Curiosamente eu qd caio dá-me sempre para rir, mesmo qd me doi, tenho aquela coisa de olhar à volta e "ups"...
E curiosamente acho mesmo que o pessoal é mais compreensivo assim...
Qto aos homens é bem verdade!
Muito me ri de imaginar um que conheço que é tal e qual...

jokas

Filipa disse...

Epá, mas como é que tu te lembras de tal coisa!?

E o mais impressionante de tudo é que é mesmo verdade, mas as mulheres não ficam sérias, ficam a rir-se do que lhes aconteceu ou não! :D

Marisa disse...

LOOOL
Ai... o que me fez lembrar este post....
Eu realmente já não caio à imenso tempo, mas qdo acontece eu fico no chão a rir-me de mim mesma...
Nunca me magoei a sério por isso não faço ideia se a reacção ia ser diferente, como sou meia " atolambada " provavelmente ia mesmo rir.... LOL
Parabéns pelo post gostei :)

inwhitelight disse...

Normalmente as mulheres além de ficarem no chão riem-se da própria estupidez mas mortas de vergonha por dentro!
E essa do tirar macacos do nariz já vi acontecer tanta vez!!! (Eu não...que eu não faço isso coff coff)

Snoopy disse...

POr acaso não faço essas coisas de correr depois de cair! normalmente rio-me sempre da minha figura!!

ZicKroft disse...

Muito bom.

Tenho de concordar com a primeira. Por muito que as pessoas digam nós somos de extremos, ora queremos ser o centro das atenções, ora queremos nem sequer estar ali.

Mas também tenho de concordar que no fundo tudo tem por finalidade "sacar miúdas".

Majo disse...

Ainda bem que só li este post hoje... porque ontem um amigo meu caiu nas escadas do bar e fez exactamente isso... desatou a correr escadas acima! Se fosse hoje ia-me rir à gargalhada a imaginá-lo a procurar a dita da esposa durante 30 minutos... coitadinha da S.. lololol

Genial!
Bjinho

Bloguótico disse...

Só de pensar k já podia ter lido este post há dois dias, até me dá vontade de riscar os fins de semana do calendário! Brilhantes conclusões, como sempre... é k é tal e qual como dizes! loool

P.S.: No meu caso, por vezes, acontece a situação inversa, ou seja, espalho-me no chão propositadamente... vai-se lá saber porquê!! :)

sonhos/pesadelos disse...

eu costumo-me rir da figura que faço...precisarei eu de um psicólogo????vou ao Dr. preciso de ajuda...
bjs endiabrados

Lactrodectus Mactans disse...

Lol, é tipico...mas para mim pior que a queda é mesmo ser apanhado a tirar catotas do nariz. Catotas...é bela palavra para não dizer macacos =)

Pedro Barata disse...

Fabuloso!!! Muito bom mesmo... Fartei-me de rir!
Abraço

ZaniNE disse...

Lá está, a tua teoria vem de encontro à velha mas válida teoria de que os homens só pensam em sexo e as mulheres vivem em função do que pensam delas! Pelo menos a maioria, que há sempre excepções! hihihi

Beijoquinha.

P.S. Muito bom!

Donnola disse...

ui, isto merecia um comentário à altura, ok, cá vai uma tentativa: está na altura de enfrentares os meandros desconhecidos, vais ver que nunca mais cais, nem tropeças, nem partes tornozelos, nem arrotas, nem tiras macacos do nariz... só mesmo corridinhas pra manter a forma

XS disse...

Ainda ontem vi uma senhora ficar de joelhos e o acompanhante, em vez de a ajudar, se desfazer em riso contra uma parede.... Tenho para mim que a mulher se torceu toda e não se levantou logo porque não conseguiu.
Já eu devo ter uma costela de gajo, porque desato a fugir como se não houvesse amanhã!

Luis Bento disse...

Ei! Ei! EI! que é lá isso? Raramente caio e nunca tenho dúvidas...Agora quanto à tua tese da vagina e coisa e tal...pois isso poderia ser case study numa pós graduação no King's College...

Alguém disse...

Se for como eu, parto-me a rir durante os próximos 5 minutos, nem que me fique uma semana depois a queixar das costas e das pisaduras! lol

Homes... esses seres, pah! :p

Mna. Margarida disse...

Por acaso com deuses não tem, não senhor!

Mas tem estes interessantíssimos senhor Ninja!

http://www.comosou.com/testes/?7/S%F3+Para+Homens

Ninja! disse...

Salto-Alto, lol ainda bem que gostaste, hehe! :P E obrigado.

Taina, hehe sem dúvida! :P Os doidos ainda têm hipótese de passar por garanhões...

Mna. Margarida, ainda bem que gostaste, muito obrigado!

Cor do Sol, muito obrigado pela visita e pelo comentário! Espero que tenhas gostado, volta sempre! =)

New Radical, hehe! Ainda bem que concordas! Estava com medo que ninguém se tivesse deparado antes com isto!

Lua Escondida*, lolol! E muito obrigado, fico muito contente que tenhas gostado. =)

pieces of me (Luna), e acho uma excelente estratégia, hehe! Quando caio, e não é só um tropeço tento fazer o mesmo... Tento... ;)

Kal, tu andas é a abusar nos comentários... O pessoal qualquer dia só cá vem par aos ler. ;)

Fada, na na! Eu tinha um professor que arrotava que se fartava na aula das 14h e logo a seguir tossia para toda a gente pensar que aquilo era tosse! ;)

Nagareboshi, lol! Isso realmente é bem verdade... :P

Sophie, ui essa para mim é nova, ainda não me tinha apercebido... Fica registado! =) Obrigado!

Sad Tear, hehe muito obrigado! =) Ainda bem que gostaste.

Sherlock and Watson, lol! E não somos todos?... Ou quase! Muito obrigado, abraço!

Rita, eu não tenho culpa da natureza dicotómica homem/mulher, só estou a relatar... Não mates o mensageiro (que é muito bonito, por sinal, e só está a inventar...) :P

susaninha, mas é claro que as coisas não são sempre assim! =) Mas como qualquer tentativa de humor generalista, não posso perder tempo com explicações existêncialistas! :P
Muito obrigado pela visita e pelo comentário, espero que tenhas gostado!

Senhora Dona Mé, haha, mais uma que ainda não tinha presenciado, fica também registado... Talvez para futura referência! ;) Obrigado!

★ Aralis ★, hehe, ainda bem que óptimo então, sempre deu para rir mais um bocadinho espero! :D

Filipa, oh, só ando a observar... O que eu próprio e outros fazem... Neste caso já tinha visto acontecer tantas vezes... :P

Marisa, lol, muito obrigado e ainda bem que gostaste! E espero que não tenhas que te magoar para comprovar essa teoria!

inwhitelight, então, claro que não, ninguém tira macacos do nariz! :P

Snoopy, ah é? Estás tramado, a partir de agora vou andar sempre a fazer-te umas rasteiras, à frente das meninas...

ZicKroft, muito obrigado, pela visita e pelo comentário. Fico contente que tenhas gostado! =)

Majo, lol! Oh pá, nada contra o teu amigo mas neste caso até ajudou então! Muito obrigado, ainda bem que gostaste! =)

Bloguótico, lol! Muito obrigado! E sim é verdade... Mas isso é porque sabes fazer o pessoal rir...

sonhos/pesadelos, para ir ao Dr. preciso de ajuda não teres que ter problemas psicológicos... Aliás, são um requerimento. Precisas é de ter muitos complexos ou problemas graves de nariz ou outros que tal! :P

Lactrodectus Mactans, hehe! Acontece aos melhores! :P

Pedro Barata, muito obrigado! Fico contente que tenhas gostado! =)

ZaniNE, muito obrigado pela visita e pelo comentário! E mesmo que não seja a maioria... É uma grande parte! :P

Donnola, mas então estás a dizer que eu tropeço de propósito porque inconscientemente quero que me achem totó? Acho que tenho que discordar! :P

XS, lol que gajo mais javardolas, lol! A não ser que ela merecesse, nunca se sabe! :P

Luis Bento, sabes a morada? Vou mandar para lá a tesa. Tese, perdão.

Alguém, hehe! É verdade, apesar sermos bons para imensas coisas também temos defeitos... Tenho que admitir... :P

Sad Tear disse...

Infelizmente tive de tornar o meu blog so para convidados...queria enviar-te um convite... se quiseres deixa o teu mail em ssadtear@gmail.com


bj*

pieces of me (Luna) disse...

miminho para ti no meu blog

beijinhoo

inwhitelight disse...

Onde andas?

Joaninha disse...

"Porque é que as pessoas (homens principalmente, e eu incluído), quando tropeçam, caiem ou escorregam numas escadas em público, a primeira coisa que fazem é correr?"

Porque são parvas?

Olha não sei, a salto é que diz que eu tenho uma capacidade de reflexão fantastica...MAs depois de muito pensar foia unica conclusão a que cheguei:)

beijos

Joaninha disse...

By the way, Tás tramado, linkei-te HAHAHA!!!

beijos

Joaninha disse...

Epá só agora é que li o que escrevi, n~ºao te queria chamar parvo...era brincadeira... hehehe soooory.

beijos

Pedro Barata disse...

Está tudo bem contigo? Já não postas nada há imenso tempo...
Abraço

Miguel disse...

LOL

a cena do tirar macacos do nariz e o andar à procura da vagina LOL

bom post :D

Ominona disse...

hello hello! Ninjisses à parte andas desaparecido meu amigo! Já ando com saudades de ver as tuas katanadas por esta blogoesfera fora!

Olha, se até dia 03 de Abril apareceres pela blogoesfera, tinha grande honra se participasses no meu desafio que ando lá pelo meu mundo.

Um abraço e volta que estás perdoado por teres torpeçada na escada nas escadas;)

Ok, eu vi mas não disse a ninguém...ok, Ninja! Lá tas tu com esses poderes ninjas a detectar mentiras. Disse à blogoesfera, mas foi só isso...

Txii ok, já sabes que disse isso....mas também quem é que vai ligar uma coisa à outra? Lá porque tropeçaste nas escadas, não quer dizer que ficas 30 minutos a tentar encontrar a vagina de uma mulher...ninguém vai acreditar nisso.

Fico à espera.
Abraço

Ninja! disse...

Joaninha, não há necessidade nenhuma de pedir desculpa! :P E muito obrigado pelo link, tomei a liberdade, não de preparar algo, mas de retribuir o favor! =)

Pedro Barata, muito obrigado pela atenção, não se tem proporcionado! =)

Miguel, obrigado, fico contente que tenhas gostado! Abraço e até à próxima.

Ominona, lolol! Muito obrigado pelo comentário! =) De facto não tenho tido muito tempo. Abraço!

VCosta disse...

Detestamos dar parte de fracos... somente isso!!!