sexta-feira, 26 de dezembro de 2008

Três coisas a saber sobre as mães

1 - São subtis, ao lembrar que já é tarde:

- Até amanhã, mãe.
- Até amanhã? Até logo!

2 - São muito cuidadosas:

- Oh mãe, onde está a Mega Drive?! Escondeste-a de novo!
- Eu não escondo nada! A Mega Drive está guardada.

Estranhamente, sempre num sítio que eu desconhecia, e que ela não me podia revelar.

3 - Nunca se esquecem:

- Oh mãe, não me chateies com isso! Já sou crescido!
- Ah sim?! André, quem é que perdeu aquele guarda-chuva em 1992?

25 comentários:

Salto-Alto disse...

LOL!!! Tão verdade que pensei mesmo estar a recordar episódios da minha vida :) Mas com outro nome. ;)

Majo disse...

Que estranho... o 2º exemplo é-me tão familiar... hummm

Mas mãe é mãe! :)

sweetie disse...

LOL isso não me é nadinha estranho! Principalmente o 2º cenário.. é uma mania das arrumações..! =P

Alguém disse...

LOL! É que são todinhas iguais! Aquela primeira, tenha a sensação de a ter ouvido ontem... ;-)

XS disse...

Some things will never change!

L!NGU@$ disse...

A segunda soa bem familiar.

Snoopy disse...

mães! quem não as conhecer q as compre! :P

sonhos/pesadelos disse...

mães...diz lá que não são um must...loooool
bjs endiabrados

vanessa disse...

LOL a terceira é-me tão conhecida!
a mania das mães em remontar no tempo pra nos darem sempre na cabeça! e gostam sempre de nos fazer sentir ingratos para com elas quando crescemos, e saímos de casa!

Aralis disse...

Mãezinha!!!!
Acho que isso é algo já genétio, desde os primórdios que assim está no código celular...
Chatear os filhos...é...
lol
Jokitas

DANTE disse...

Deixa lá pah , vais sempre ser um 'lindo menino' ;D

Um abraço

pensamentovadio disse...

As mães são todas iguais! Só muda a morada! mas são do melhor que há!

Vanessa. disse...

Andava eu aqui a passear e encontrei este blog, do qual gostei imenso. Este post, especialmente, fez-me recordar uns anos que passaram, porque será? Eheheh :P

Opal Whiteley disse...

o segundo exemplo... sempre a ouvi-lo em relaçao aos doces. esconde-os sempre em sitios inimaginaveis e dou a volta a tudo para os encontrar! mas encontro!

gostei do blog

Filipa disse...

A segunda não é tão ouvida cá em casa por mim, é mais pelo meu irmão e pelo meu pai... homens, vá-se lá saber...! A ultima e a primeira já são mais.. :P

As usual, muito bom! :)

Ninja! disse...

Salto-Alto, hihi, ainda bem que não foi só comigo...

Majo, não é?! Elas têm reuniões secretas onde combinam isto.

sweetie, hehe, assim parece ser!

Alguém, e a tua mãe tem razão. Quem te mandou deitares-te depois da meia-noite?

XS, yes, I supose it is so... :P

Snoopy, lol!

sonhos/pesadelos, já se sabe que sim! :P

vanessa, é verdade! Primeiro trabalham para nos facilitar a vida, e depois queixam-se de como a nossa vida é fácil! :P Obrigado pelo comentário e volta sempre que te apeteça! =)

Aralis, é, partilhas a mesma opinião que eu então!

DANTE, a esperança é a última a morrer!

pensamentovadio, hehe, é verdade!

Vanessa. então muito bem vinda e obrigado pelo comentário! Volta sempre que queiras!

Opal Whiteley muito obrigado pelo comentário e bem vinda ao blog! Volta sempre que queiras. E ainda bem que também encontras paralelismos... :P

Filipa, pois, imagino que sim, nem vou argumentar... Muito obrigado pelo comentário e pela visita! Volta sempre que queiras.

Sherlock and Watson disse...

Ai Ninja, o que eu já me ri com este pequeno texto! Traz-me imensas recordações. Bem apanhado.
Abraço.

Ninja! disse...

Sherlock and Watson, hehe, como disse aos outros, ainda bem que não estou sozinho!
Muito obrigado, abraço.

Donnola disse...

ahhh as mães essa raça, André Ninja! Pedro L!ngu@$ como eu vos adoro :DDD

Donnola disse...

a do guarda-chuva escapou-me :P em 1992 deixa cá ver...

Ninja! disse...

Donnola, hehe, obrigadinho!

Coringa disse...

ih a minha mãe era exactamente assim. Muito bem apanhado ninja.

Coringa disse...

ih a minha mãe era exactamente assim. Muito bem apanhado ninja.

paddy disse...

Muito boa observação, sim senhor =D

VCosta disse...

São todas iguais...
Quanto a perder coisas, eu também era demais... e todos faziam o favor de me lembrar... ainda hoje acontece!!!